Catch The Fire Church Novo Hamburgo

Catch The Fire Church - NH

Palavra da Semana é o podcast da CTF-NH que ministramos aos domingos em nossa comunidade! Desfrute!

Catch The Fire Church Novo Hamburgo (Trailer)
Trailer 16 sec

All Episodes

Na bênção apostólica da segunda carta aos coríntios, Paulo enfatiza 3 princípios fundamentais para a vida cristã: A Graça do Filho O Amor do Pai A Comunhão do Espírito Santo Muitos buscam o amor do Pai e são gratos pela graça salvadora do Filho, mas poucos desejam a comunhão do Espírito. Porém, o texto não nos deixa a escolha de vivermos um ou outro ponto, mas pelo contrário, Paulo enfatiza que as três bênçãos devem se fazer presente na vida de todo cristão. Isto é um processo, o qual acontece de dentro para fora: conhecemos o Amor do Pai, recebemos a Graça do Filho pela Fé nEle e transbordamos sobre o outro em Comunhão, pelo Espírito. A igreja não é individual, mas coletiva. E não é um coletivo de "eu", mas um coletivo de "nós", afinal, o Pai só é meu porque Ele é nosso. A fé pode até ser individual, mas a maturidade dela transborda na comunhão, quando um irmão se debruça sobre o outro para amar, ouvir e orar com ele e por ele. Uma igreja madura não compete entre si, não inveja outras igrejas e não tem medo de crescimento. Uma igreja madura comunga, pois essa é a sua função. Se vivemos comunhão, se somos a igreja de Cristo, o perdido deve encontrá-Lo em nós, e nós devemos procurá-Lo nele, afinal, Ele disse que todo o bem que fizermos a um irmão, é a Ele que estamos fazendo. Uma igreja forte se derrama sobre todos e revela Cristo a todos. Pr. Anderson Lima Texto base: 2 Co 13:13

Nov 25

36 min 6 sec

Em João 15, lemos uma parábola proposta por Jesus e muito conhecida: da videira, seus ramos e seus frutos. Normalmente, após uma primeira leitura, nos parece que a preocupação essencial de Jesus ao abordar o tema é um só: devemos frutificar. Afinal, o que não está produzindo frutos, ele trata para que produza, e o que já está produzindo, ele também trata para que produza ainda mais! No entanto, essa porção reserva outras riquezas! O cuidado do agricultor – o Pai – está em garantir saúde e vitalidade para os ramos – nós – que elementarmente precisamos estar conectados à videira – Jesus. O corte feito pode ser entendido, em uma das traduções do grego para o nosso idioma, como um esforço para levantar, apoiar, suportar.

Nov 25

50 min 17 sec

É momento de virar a chave, como cristãos, de não somente ver a Cristo como Salvador – aquele que de forma objetiva nos permite ir para o céu (ou nos livrar do inferno). Há algo maior: o IDE. A obra de Cristo na cruz foi por algo muito maior do que se livrar do inferno, foi para trazer o Reino dos céus para o nosso meio, evidenciando as obras dessa realidade aqui na terra. O evangelho de Cristo se resume a amar; se debruçar sobre a vida de outra pessoa, deixar o egoísmo de lado e cumprir o seu ministério. Para isso, é preciso descobrirmos nosso chamado, nossos dons, para uma efetividade maior em nossas ações. Essa busca pelos nossos dons precisa ser saudável, longe das manipulações das lideranças que muitas vezes buscam meramente atender as necessidades da igreja, demandas latentes. O processo também conta e não existe uma única e absoluta opção. O centro da vontade de Deus é quando eu perdoo o meu irmão, quando sirvo o próximo, quando amo de verdade. Sigamos nessa liberdade para cumprirmos o ide que Jesus nos comissionou!

Nov 25

1 hr 9 min

Em Lucas 9:23 Jesus diz: “Se alguém quer ser meu seguidor, que esqueça os seus próprios interesses, esteja pronto cada dia para morrer como eu vou morrer e me acompanhe.” ‭‭ ‭Este trecho das escrituras nos faz refletir sobre três pontos importantes da caminhada Cristã, sendo eles negar a si mesmo, tomar a sua cruz e seguir Jesus. Estes três verbos de ação e intencionalidade (negar, tomar e seguir) nos revelam que somos nós que temos que praticá-los.

Oct 29

37 min 11 sec

Muitos buscam respostas em lugares errados devido a episódios traumáticos em suas vidas. Porém, quando tudo que enxergamos são nossas dores, não conseguimos enxergar a Verdade, e nos tornamos escravos das mentiras que nos são ensinadas. Porém, a Verdade está disponível a todos, e só seremos verdadeiramente livres quando a encontrarmos.

Oct 22

55 min 20 sec

Precisamos nos relacionar com a totalidade do evangelho que é eterno e gera em nós esperança.

Oct 19

49 min 55 sec

Em Romanos 6:18, temos outra percepção também bastante interessante. Tudo o que valorizamos na vida, investimos tempo e dinheiro. É impressionante o quão pouco investimos dessas duas coisas no Reino de Deus! Tudo o que precisamos é servir a Deus de coração sincero e alma voluntária, pois o nosso servir é uma forma de adoração.

Oct 5

57 min 15 sec

Ofertar não é uma obrigação ou um seguro para que nada dê errado. Deus não vai nos amar menos se não ofertamos e nem amar mais se ofertamos. Afinal, Deus não quer nossos bens, Ele quer nosso coração. Porém, para sermos completos na adoração ao Pai, devemos nos libertar do dinheiro e sermos livres para servir ao Reino, inclusive com nossas finanças. Afinal, não seremos completos se nossa oferta não for voluntária e sistemática.

Sep 24

1 hr 9 min

Adorar não é apenas uma prática religiosa que dura alguns minutos no domingo. A adoração nos leva a um encontro com Deus, nos leva a Sua presença, e se expande para nossa vida diária. A Palavra diz, no salmo 115, que nos tornamos semelhantes àquilo que adoramos. O resultado da adoração é expresso na nossa vida ao passo que nos tornamos mais parecidos com Jesus. O choro, o levantar as mãos, o cântico acabam sendo consequência da adoração. É impossível ser visitado por Deus e não haver manifestação física. Porém, o Senhor não vem apenas quando pedimos que Ele venha, mas sim quando Ele é bem-vindo.

Sep 21

1 hr

Muitas vezes somos inconstantes na nossa adoração; não fazemos disso uma prática e acabamos falhando e nos afastando disso que deveria ser uma marca da nossa vida! Adoração é muito mais do que cantar ou tocar uma melodia; é se prostrar diante de Deus, em oração, em meditação da sua Palavra, fazendo disso um estilo de vida.

Sep 21

57 min 26 sec

Em Romanos 14:8 vemos o Apostolo Paulo dizendo: ‘’Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos, ou morramos, somos do Senhor. ’’ Aceitar a Jesus e segui-lo, nos tempos bíblicos, era algo radical, as pessoas eram deserdadas, perseguidas, martirizadas. Quando aceitamos Jesus precisamos mudar, pois, nossa vida é transformada. Uma igreja viva, especialmente pública precisa expressar Cristo fora da igreja, o impacto deve ser principalmente no mundo, além das quatro paredes. Seguir a Jesus não pode ser uma qualquer coisa. Ao olharmos para os homens da bíblia encontramos o impacto que as pessoas sentiam quando tinham um encontro com Cristo. Os grandes mártires morreram felizes, pois morrer por Cristo era lucro! Antes de termos uma vida com Cristo vivíamos em pecado, então vem Jesus e nos liberta da opressão do mal e nos faz livre. Que sejamos uma igreja que não abre mão dos princípios do reino dos céus. Uma igreja que encontrou a presença transformadora de Deus e que impacta o mundo!

Sep 3

55 min 7 sec

Em João, capítulo 15, Jesus faz uma analogia da videira e de seus ramos, se identificando como a videira e nós como ramos. Nessa condição, temos uma função designada: a de dar frutos. Isso fica muito claro a partir do texto, não há motivos para dúvidas. Mas você já se perguntou que tipo de fruto é esse? Esse sim é um ponto que merece atenção. Inclusive coisas boas podem não ser exatamente o fruto desejado por Jesus. Nos evangelhos, nos é apresentada a grande comissão: ide por todo mundo, pregando o evangelho e fazendo discípulos de todas as nações, batizando-os e ensinando-os a guardar todas as coisas que Jesus ordenou. É bem sugestivo identificar que esse é o fruto a que Jesus se referia: o nosso trabalho – sim, nosso, de todos os cristãos – é pregar o evangelho e fazer discípulos, ensinando-os o que realmente importa: fazer aquilo que Jesus orientou. Essa é a chave não somente para o crescimento do Reino, mas também para nossa identidade como filhos de Deus. Nem sempre nos parece fácil sair da zona de conforto. O primeiro passo para cumprir as ordenanças de Jesus é passar pelo gigante do medo! O medo paralisa, bloqueia e nos trava... por isso, é preciso se posicionar e se mover! À medida que damos um passo, adquirimos experiência e nos tornamos mais corajosos para dar o segundo, o terceiro passo. Lembre-se: a sua força é a fraqueza de alguém, por isso precisamos trabalhar juntos! Avante amar as pessoas e apresentar o evangelho do Reino!

Sep 3

1 hr 9 min

A relação com Deus há tempos atrás era conduzida pelo medo; a motivação não era o amor a Deus, mas o medo do inferno; se vivia numa estrutura muito dura, pesada, e se descobriu algo muito ruim: a hipocrisia. Jesus fala sobre isso, e condena a religiosidade. Passou-se a outro extremo: a percepção de que Jesus é o meu irmão, Deus me compreende, eu não vivo na lei, e sim na graça... e acabamos fazendo um Deus customizado – customizado para nós. É na Palavra que nós devemos nos enxergar. A intenção de Deus nunca foi que lêssemos a Bíblia, e sim que a Bíblia nos lesse. Hoje nós pegamos a Bíblia e escolhemos o que queremos limpar e o que queremos manter sujo em nossa vida. Extraímos o que nos parece útil e descartamos o que não achamos que convém. Qual a resposta para não estar em nenhum extremo? A chave é o temor do Senhor. Isso nos levará ao lugar de equilíbrio. Temor do Senhor é reverência, é a consciência de que Deus nos ama e por isso mesmo nos corrige, nos instrui, nos diz NÃO. Em Provérbios 8:13, Salomão nos dá uma definição muito apropriada do que é o temor do Senhor: aborrecer o mal. Mal de quem? O nosso, não o do outro! Soberba, arrogância, mau caminho, boca perversa estão no rol daquilo que deve ser combatido! Temor é uma relação de amor e extremamente benéfica! Gera vida, pois há um princípio na honra que produz esse fruto!

Aug 20

43 min 20 sec

Os nossos filhos são diretamente influenciados por quem nós somos. Se a nossa má postura deformou nossos filhos, a nossa transformação os reconstruirá. Tudo o que é transcendente e que envolve a morte do eu, precisa ser ensinado aos filhos, desde pequenos, pois caso contrário, não vão querer saber de Deus. Vivemos numa sociedade materialista e hedonista (que busca seu próprio prazer). A fé que não afeta a sua casa precisa ser questionada. Instrução e correção são atitudes em amor para alcançar o coração dos filhos. Além disso, a Palavra nos aconselha a não irarmos nossos filhos, e isso se dá basicamente de 2 maneiras: 1- Não sendo hipócrita 2- Sendo referência A estrutura e o planejamento da expansão do Reino de Deus acontecem dentro da nossa casa!

Aug 20

51 min 49 sec

Um hábito muito belo que se perdeu com o tempo foi o de pedir a bênção de seus pais ou superiores. Quem recebe as bênçãos vai viver seus problemas, seus dilemas e desafios, mas tem a vantagem de um acréscimo, uma melhora para viver com mais êxito essas experiências. O foco que a igreja tem dado para o versículo citado, diz respeito não somente à bênção, mas sim a monetização da mesma, o que se constitui em grande equívoco. A briga que vemos em Jacó e Esaú pelo direito de primogenitura e os benefícios da mesma diz mais respeito à carga espiritual da bênção, muito além da parte financeira. Nós queremos a bênção de Deus; oramos por isso, mas sinceramente, quantas vezes estamos só querendo a solução de algum problema? O conceito de bênção que enriquece está relacionado à acréscimo, à melhora; está muito além do que a simples resolução de um problema pontual. No conceito bíblico, quando um homem abençoava uma geração, transferia uma herança de experiências e essência para que os abençoados errassem menos! Isso enriquece no sentido amplo da palavra! Tão importante quanto isso, está a constatação de que quem solicitava a bênção estava satisfeito com o que tinha, mas honrava quem podia lhe dar algo mais. Nós ainda queremos a bênção de Deus. Essa bênção enriquece, mas ela é um depósito, não uma solução instantânea e encaixotada!

Aug 10

1 hr 4 min

Precisamos criar uma cultura de edificação, a fim de testemunharmos mudanças de trajetórias, como se deu na vida de Marcos, que de rejeitado por Paulo, foi reconhecido por este como alguém de grande valor para o ministério. (II Timóteo 4:11) Não espere do homem o que só Deus pode fazer por você!

Aug 10

1 hr 7 min

Culto Especial com Chris Donald!

Aug 10

1 hr 15 min

Há aproximadamente 30 anos atrás, a perspectiva da igreja era somente celestial, de forma que quem se convertia, deixava de se preocupar com qualquer coisa dessa terra: não estudava, não se envolvia com política, cultura, abrindo mão de influenciar a sociedade. Foi uma escolha desastrosa. Partindo para o outro extremo, a igreja se posicionou neste mundo e esqueceu a perspectiva celestial: nada sábio também! É difícil entender essa dicotomia: viver é Cristo e morrer é lucro. Mas a verdade é que precisamos encontrar o equilíbrio para viver o melhor desses dois mundos. Como cristãos, precisamos aprender a caminhar nessa realidade paradoxal. Quando vivemos muito na perspectiva terrena, acabamos customizando a Deus e reduzindo-o à nossa própria experiência: se Ele cura, Ele é bom; se não cura, é mau, e assim por diante. O que Paulo nos instrui é viver glorificando a Cristo independente da nossa experiência ou da nossa situação: quer na vida, quer na morte; quer nas lutas e batalhas, quer nas vitórias e conquistas. A vida é composta pelos ciclos dia e noite, choro e alegria; a vida é dualística e precisamos aprender a viver bem com essa realidade. Todos nós padeceremos dificuldades, mas esse não é o fim. Cristo também padeceu e nos encoraja para vivermos bem nessa terra, com Ele. Algumas pessoas se decepcionam com a noite e não conseguem transicionar para viver o dia. O período da noite dura tanto quanto for necessário para entender o processo de desconstrução para a construção de um novo homem. As pessoas mais felizes são aquelas que sabem transicionar da noite para o dia, do dia para a noite, entendendo a característica cíclica da vida. Nesse processo todo, como já disse Paulo, nós podemos todas as coisas!

Jul 15

49 min 47 sec

O trecho de Lucas 10:38-42 é um texto autoexplicativo, mas mesmo assim é possível evoluir na meditação do mesmo. A história é carregada de uma essência que nem sempre compreendemos. A impressão que temos é que somos tomados por uma angústia, uma inquietação, uma insatisfação com a jornada, com o trajeto, como que somente o chegar no destino é o que importa; parece que só então descansaremos ou usufruiremos das benesses que estão disponíveis. O mundo nos impulsiona a chegar lá... mas a grande pergunta é: lá onde? Qual é o nosso objetivo? No trajeto temos a companhia de quem amamos, há necessidades a serem atendidas, há oportunidades únicas e especiais de convivência, mas parece que somente no destino tudo isso poderá ser atendido ou apreciado. Maria escolheu a melhor parte e Jesus garantiu de que isso não lhe seria tirado. Somos viciados na busca pelo destino, sem saber que destino é esse. Somos viciados em holofotes, escravos de aplausos. Nosso único destino que realmente importa deve estar fundamentado em Deus. A jornada é que nos faz melhores, não é o destino! Curta a jornada e não fique obstinado pelo destino!

Jul 8

43 min 56 sec

Deus é fiel para cumprir tudo o que prometeu, mas precisamos compreender que quem define os planos e o processo é Deus! Os processos em que Jesus nos coloca tem o objetivo de exaltar ao Pai! Quando nos submetemos aos propósitos de Deus, temos o privilégio de andar com ele e usufruir de toda a plenitude de sua presença, ao invés de sermos uma geração que tem apenas o seu perfume entre os dedos!

Jul 1

1 hr 9 min

Saulo teve uma experiência completa e radical. Muitas vezes, nós temos tais experiências de forma gradual; Deus é quem escolhe a forma de agir, mas independente do modelo, quando provamos a Deus, caem as escamas dos nossos olhos e o Espírito Santo nos ajuda a enxergar de uma forma completamente diferente. Precisamos de milagres, tanto no corpo físico quanto nas emoções, e a presença transformadora de Deus em nossas vidas promoverá isso!

Jun 23

1 hr 5 min

A oração do Salmo 139 é direcionada a transformar vidas, de mudar histórias. É importante lembrar que sucesso não é destino, sucesso é jornada. É no tempo de sequidão que as raízes são aprofundadas, e isso significa que Deus está nos preparando para a tempestade e depois para irmos mais longe. O que temos tido hábito de fazer é espalhar raízes, mas o importante é aprofundar as raízes, para uma vida sólida e feliz.

Jun 17

46 min 49 sec

Precisamos nos lembrar: nada é nosso, e o que está aos nossos cuidados, tem um propósito! Não importa quanto temos; importa que Ele deu, segundo a nossa capacidade naquele momento, em amor. Um talento é suficiente, se considerarmos que veio dEle! O bom uso que fazemos do que nos foi dado deve ser o nosso foco e é isso que nos fará ver a manifestação do Senhor. Ele vai continuar nos dando segundo o zelo que temos com aquilo que já nos foi dado, para o seu Reino. O que você tem hoje? Serve! Sobre você existe um dom e uma capacidade de multiplicar! Foi dado a todos!

Jun 10

53 min 20 sec

Os dons nos possibilitam apresentar a Cristo através dos sinais; por isso, para um evangelista, o dom de curar é particularmente importante! Os dons espirituais não têm por objetivo projetar pessoas, nem torná-las evidentes e famosas, muito pelo contrário, são ferramentas que fornecem vislumbres do céu e devem apontar para Cristo. Quando cada parte entende quem é e o que pode fazer, temos uma igreja forte, madura e com potencial para impactar a realidade do mundo.

Jun 10

31 min 25 sec

A hipocrisia se dá ao julgar o outro sem entender que nós mesmos somos pecadores. É preciso olhar para dentro de nós, reconhecer nossas limitações, pecados, dificuldades e depois enxergar o outro para auxiliá-lo com uma abordagem diferente, através de um olhar de misericórdia.

May 27

34 min 3 sec

O Senhor se manifesta em qualquer lugar, seja na estrutura da igreja ou na simplicidade do nosso quarto. Nos perdemos no meio do caminho quando começamos a querer definir como as coisas devem acontecer. Precisamos abrir mão de toda complexidade e valorizar a presença de Cristo. A simplicidade de Jesus é a essência do que necessitamos.

May 11

51 min 54 sec

A nossa expectativa como CTF é sermos relevantes, uma igreja deixando um legado por onde passarmos, tocando e impactando vidas!

Apr 30

34 min 11 sec

Todos iremos passar por momentos de pressão nas nossas vidas e junto a isso existirá a expectativa de passarmos aprovados em meio a essas situações, devemos então lembrar que em todo o momento perto está o Senhor!

Apr 22

59 min 17 sec

Na presença do Senhor o mais importante não é a recompensa, o que serve e basta é somente a presença Dele! Não nascemos para ficar com a glória de Deus, mas para refleti-la. Não há alegria maior do que SUA presença, mesmo que no caos. A presença nos é suficiente!

Apr 22

48 min 46 sec

O dia que dizemos sim a Jesus foi nos dado um desafio, e por amor a Ele morremos para nós mesmos. Devemos ser bons e nos esforçarmos para isso, mas o que o mundo necessita é de pessoas como Jesus! O mundo precisa de pessoas que venham a morrer na sexta-feira e deixem que Cristo venha habitar plenamente em suas vidas. O que aparece no domingo e resplandece em nossas vidas é o original, verdadeiro e íntegro. O que recebemos dele é verdadeiro e causará o impacto que transformará o que precisa ser transformado.

Apr 8

33 min 58 sec

Nosso relacionamento com Jesus afasta todo o medo. A esperança, paciência e perseverança são características dos céus, ao estarmos próximos intimamente com o Pai, vivemos essa realidade. São as coisas do reino que nos aproximam dos céus. Quando nos esquecemos que não somos desse mundo, quando focamos apenas no cenário presente, esquecemos dos feitos de Deus. Necessitamos olhar para o alto, buscando o sobrenatural do Pai. Nosso testemunho precisa ser verdade em nós para que venhamos a derramar no outro. Sermos cheios do Senhor não deixa espaço para o vazio em nossas vidas. Transbordar é quando já não cabe mais, e o juntar tesouro nos céus é derramar graça, bondade e salvação na vida do próximo.

Apr 8

51 min 35 sec

Não estamos prontos para aceitar situações adversas daquilo que pedimos. Boa parte das nossas orações o Pai vai nos atender, seja através de milagres ou manifestações, entretanto nossos momentos com o Senhor são para nos prepararmos para tudo o que virá. Aceitar Cristo foi a parte mais fácil das nossas vidas. O difícil é aceitar nosso coração que não muda. A oração encorajou e moldou Cristo. O plano do Pai para ele era muito maior e Jesus foi até o fim. Esse tempo com Deus precisa nos moldar como moldou a Cristo.

Mar 25

47 min 48 sec

Aprendemos com Jesus que desistir não é uma opção, devemos avançar e não recuar. Em fé caminharemos para frente sempre marchando. Estamos hoje vivendo o ‘’ ainda não’’ do Senhor, e até que a mão Dele venha sobre nós precisamos continuar clamando, sabendo que o justo juiz irá responder o clamor do seu povo. Afinal, precisamos orar sempre, desanimar nunca.

Mar 18

26 min 34 sec

Precisamos ser a fonte de esperança para as pessoas. A igreja necessita lutar com as armas corretas. Estender as mãos ao invés de apontar erros, cuidar dos vivos e sermos ferramentas de auxílio para o próximo. Uma palavra pode mudar uma vida. Precisamos ser a igreja de Cristo e não achar culpados. O nosso papel é sermos luz em meio as trevas.

Mar 12

45 min 57 sec

Jesus veio ao mundo não para mudar o nosso calendário, Ele veio para mudar a história da nossa vida, a vinda de Jesus mudou totalmente a nossa realidade. Deus sempre está no controle de todas as coisas, Ele sempre está olhando nossas circunstancias! A partir de Jesus a nossa vida muda, aquele que era oprimido e angustiado não precisa mais viver dessa forma, pois a palavra se cumpriu em Cristo. Nossa resposta é Jesus, Ele veio e trouxe luz às trevas. Há vida em Jesus e Ele jamais nos deixará sozinhos.

Mar 9

50 min 27 sec

Todos pecamos e carecemos da glória do Senhor, somos preservados e cuidados pelo Senhor. Quando olhamos para Deus e reconhecemos que somos pecadores conhecemos o seu favor imerecido. Nossas ações precisam refletir Cristo e assim seguirmos sendo transformados sendo agentes de transformação.

Feb 26

45 min 58 sec

Viver igreja sem intimidade com Deus é possibilidade de frustração. Quando conhecemos Jesus na sua totalidade tudo aquilo que antes era de valor se torna pequeno quando se comparado a grandeza de Dele.

Feb 19

1 hr 6 min

Diante da pressão precisamos nos ater em 3 coisas: Privacidade; Cristo em meio a pressão orou a Deus como de costume. (Lc 22:39) Pessoas; precisamos daqueles que de fato podemos contar, o círculo precisa reduzir tendo aqueles que irão nos ver suar sangue e permanecerão independente do que acontecer. Perspectiva; precisamos enxergar o futuro mesmo em meio a pressão. (2Co 4:17) Aprendemos com Cristo que mesmo em meio a pressão Ele achou forças em Deus. As pessoas nos dão suporte, mas quem nos encoraja de fato é o Senhor. O poder que precisamos vem da manifestação Dele. As pequenas e momentâneas aflições que enfrentamos, comparadas a de Cristo, não se comparará a glória que durará para sempre!

Feb 12

45 min 13 sec

Na tempestade, angústia ou alegria o Senhor está conosco! Precisamos filtrar nossos pensamentos, para que palavras desencorajadoras não venham ao nosso coração. Deus nos chama para coisas grandiosas Nele. Não podemos deixar as más escolhas determinarem nosso destino. O melhor lugar para mantermos os pensamentos puros e limpos é quando buscamos a Deus, Ele é amor e o amor lança fora todo o medo!

Feb 12

50 min 30 sec

Quando recebemos o evangelho de Cristo, fomos selados com o Espírito Santo. Mas o que isso significa? Em Mc 16, Jesus repreende os discípulos por serem incrédulos e duros de coração, e logo depois os comissiona a levar a mensagem do evangelho de Cristo à todo o mundo. Quem em sã consciência, colocaria tão importante missão, nas mãos de um grupo incrédulo e duro de coração. Jesus o fez, e na sequencia, a bilrai afirma que sinais eram feitos por meio dos discípulos, confirmando a Palavra por eles pregada. Mas o que aconteceu? Jesus sabia que este grupo, ainda que incrédulo e duro de coração, teria um encontro com o Espirito Santo, que os transformaria e os levaria a fazerem coisas que humanamente não seria possível. Assim somos eu e você, nos parecemos muito com os discípulos, e me refiro aos seus momentos de incredulidade e dureza de coração, mas não podemos esquecer nunca que dentro de nós habita o mesmo Espirito que ressuscitou a Jesus de dentre os mortos, este Espírito que é a garantia de nossa herança e nosso Consolador. Por isso, esteja atendo a esse doce Espírito Santo que habita em ti.

Jan 28

2 min 4 sec

em Deus não somos nada, apenas precisamos entender quem somos Nele. Precisamos parar de olhar aquilo que nos falta, e olhar para as virtudes daquele que nos define. As pessoas que nos rotulam não têm autoridade alguma para isso, somente o Senhor pode nos definir. Precisamos apenas do Deus Eu Sou. O inimigo acusa, as pessoas rotulam, mas somente Deus nos define!O Senhor não nos define pelos erros do passado, entretanto Ele nos refina através deles.

Jan 25

52 min

Esta é talvez a grande dificuldade que temos ao cear. Paulo nos exorta para não comermos ou bebermos indignamente, e o fazemos quando não discernimos o corpo. Mas o que isso significa de fato? Poderíamos analisar sobre vários aspectos, o mais comum é sobre uma vida de pecado. Mas o que realmente o Ap. Paulo esta falando aqui? Discernir o Corpo de Cristo, é reconhecê-lo onde Ele esta. O encontramos quando alcançamos ao necessitado (Mt 25:40), mas também quando amamos a Sua igreja, a noiva, o corpo místico de Cristo. Por isso, pelo menos 03 coisas precisam ser evitadas: 1 – Falta de perdão: Todas as vezes que eu retenho perdão ao meu irmão, não estou reconhecendo que Cristo morreu igualmente por ele e que ele esta apto de receber da mesma graça que um dia me alcançou. O problema é que queremos graça para nós, mas justiça para os outros. 2 – Fofoca: este tem sido um câncer dentro da igreja. Tem corroído o corpo de Cristo. Aqueles que a praticam, não tem se dado conta que estão maculando o próprio corpo de Jesus, o corpo que ele mesmo faz parte. 3 – Cristianismo autônomo: Debaixo da frase “eu sou a igreja”, muitos usam de desculpa para não estarem ligados à um corpo. Primeiro que você sozinho não pode ser igreja, o máximo que pode ser é templo do Espírito Santo, para ser igreja você precisa do seu irmão, do coletivo, do plural, “onde estão dois ou três reunidos me meu nome eu estou no meio deles” . Por mais que o mundo digital veio para ficar, possibilitando reuniões remotas e mantendo o distanciamento, precisamos encontrar novas formas de se viver igreja. O Ap. Paulo segue dizendo, que esta é a razão porque há entre vós muitos fracos, doentes e muitos adormecidos. Quando não discernimos o corpo, nos tornamos uma igreja irrelevante.

Jan 18

51 min 39 sec

Os maus tempos podem vir, entretanto nós permaneceremos firmes pois Ele nos sustenta. Em 2021 tenha a certeza que Cristo é o cabeça da sua família! Que nesse novo ciclo que se iniciou venhamos cada vez mais ouvir a palavra do Senhor, amando seus ensinamentos e praticando-os! Coloque-se diante de Deus, apresente seus anseios a Ele. Independentemente de como será, tenha a certeza com quem você estará!

Jan 11

59 min 24 sec

Fomos reposicionados em nossas famílias, em nossas igrejas, na nossa vida profissional. Foi nos dado a oportunidade para mudarmos e aprendermos com tudo que passamos, fazendo desse um ano de projeção. É tempo de rendermos graças a Deus pelas pequenas conquistas e valorizarmos a Sua Presença em nossas vidas!

Jan 6

41 min 10 sec

Quando estamos cansados, brigamos com aqueles que deveríamos proteger. Todos nós precisamos encontrar em Cristo nosso lugar de descanso, a rotina rouba quem nós somos e nos faz esquecer muitas coisas, assim nos cansamos e não tem problema cansar, o problema é continuar lutando com a nossa própria força.

Dec 2020

43 min 31 sec

Estamos chegando no final de mais um ano, mais uma vez Deus tem sinalizado que é tempo de voltarmos nossos olhos para Ele. Nós precisamos alinhar a nossa vida, precisamos parar de gastar nossas vidas com aquilo que é secundário como se fosse primário. Com quem ou com o que você está se relacionando?

Dec 2020

37 min

O que fazer quando estamos numa situação de medo? Só existe uma opção, jogarmos o medo aos pés do nosso Senhor. Isso não significa que tudo vai dar certo, mas isso nos da experiências muito maiores com nosso Deus. Temos a opção de nos movermos ou ficarmos parados olhando a água entrar em nossos barcos e afundarmos com eles. Os heróis da fé que a Bíblia nos mostra, são nossos exemplos para os dias de hoje!

Dec 2020

1 hr 36 min

Mas o que é renovação segundo a Palavra? Amar de forma não hipócrita, servir ao Senhor, ser paciente, abençoar e não amaldiçoar, entre tantas outras coisas descritas em Romanos 12. Porém, nós cristãos muitas vezes confundimos renovação com modernização.

Dec 2020

58 min 39 sec

O Senhor nosso Deus não compartilha sua Glória e orienta o seu povo a não cultuarem outros deuses diante DEle. Então é tempo de derribarmos estes altares que erigimos e que afrontam à sua Santidade e nos voltarmos totalmente à ele com um coração quebrantado e contrito.

Nov 2020

51 min 4 sec

Tem sido cada vez mais comum, seguirmos pessoas que usam princípios bíblicos, mas que usam isso para apontar para seu próprio ego, mas no evangelho verdadeiro tudo aponta para Ele! Toda vez que usamos a mentira para entrar por uma porta, vai ser essa mesma mentira que vai manter essa porta aberta. Porém, quando usamos nossos princípios, serão eles a manter tudo aberto! E a porta que Ele abre, ninguém fecha!

Nov 2020

49 min 18 sec