This browser doesn't support Spotify Web Player. Switch browsers or download Spotify for your desktop.

Dulce Quental

Popular

  1. 1.
    Caleidoscópio
    3:320:30
  2. 2.
    Natureza Humana
    3:370:30
  3. 3.
    Música e Maresia
    3:420:30
  4. 4.
    Bordados de Psicodélia
    3:160:30
  5. 5.
    Terra de Gigantes
    4:170:30
Dulce Quental é uma das vozes de maior personalidade da música pop brasileira. Surgida na efervescência
dos anos 80, começou com a banda de garotas Sempre Livre, revelou um talento especial em mesclar sofisticação e atitude rock, além de ocupar lugar entre os melhores letristas da explosão do rock brasileiro. Em 1985, reuniu Cazuza, João Donato, Branco Melo e os irmãos Jorge e Waly Salomão, entre outros, no conceito sonoro de Délica, seu primeiro disco solo, que foi marcado pelo sucesso “Natureza Humana” (versão dos irmãos Salomão para o hit de Michael Jackson) e pela elegante “Bossa do Bayard” (com o requinte de Donato ao piano). Em 1987, o segundo disco, Voz Azul, veio pautado entre o rock e o blues, misturando Celso Fonseca, Ciro Pessoa e Herbert Vianna. Novamente a cantora mostra seu pop refinado em canções como “Caleidoscópio”, um de seus maiores sucessos, e sua pegada jazzística em “Não Atirem no Pianista”. No terceiro disco, Dulce Quental, de 1988, gravou Arnaldo Antunes, Itamar Assunção, Arrigo Barnabé e Cazuza. Após um longo intervalo, decidiu traçar uma carreira independente: em CD, ela lançou a primeira coletânea, em 2001, Dulce Quental - Série Para Sempre, e gravou Beleza Roubada, em 2004, um belo trabalho composto por parcerias com Moska, Zélia Duncan e Frejat. O quinto disco de carreira, Música e Maresia, saiu em LP, em 2016, com gravações feitas nos anos 90.

Albums

Singles

Related Artists

Listen to Dulce Quental now.

Listen to Dulce Quental in full in the Spotify app