This browser doesn't support Spotify Web Player. Switch browsers or download Spotify for your desktop.

Roberto Kuelho

Popular

  1. 1.
    Nem Precisa Ser Amor
    3:250:30
  2. 2.
    Apenas Quer
    3:170:30
  3. 3.
    Bem no Auge
    4:270:30
  4. 4.
    Miscigenada
    3:180:30
  5. 5.
    Soltinho
    3:580:30
Músicas que surgiram de situações reais ou de percepções lúdicas do cotidiano. Essa é a base do trabalho de Roberto Kuelho.
Nascido em Feira de Santana (Bahia), o cantor e compositor se inspira em conterrâneos 'arretados' como Gilberto Gil, Carlinhos Brown, Daniela Mercury e Caetano Veloso.
Kuelho fala de sentimentos, mas com batidas alegres. Para ele, assim como vale misturar a sonoridade de um bumbo eletrônico com marchinha de Carnaval, vale colocar base de cavaquinho em um reggae love.
Seus shows mesclam canções autorais com sucessos de nomes admirados por ele. Fazendo música desde os 14 anos, Kuelho 'botou fé' também em seu trabalho como cantor quando foi ganhador do festival de música FECOM 97 e gravou sua primeira canção.
No álbum "Sense Bulir", que divulga atualmente, ele explora novas possibilidades musicais e passeia por diversos ritmos. O estilo adotado por Kuelho é o pop romântico com tempero baiano. Como seu primeiro CD, foi composto numa fase em que estava solteiro, a temática "amor e liberdade" perpassa várias músicas. E isso, Kuelho só notou depois do disco pronto.
Antes de atuar na carreira solo, Kuelho cantava músicas de axé e pagode baiano na banda Xêro Mole. Lá gravou três CDs e viajou o Brasil animando palcos e trios. Ele é autor de hits da música baiana como A Tomada (É o Tchan) e Na Manteiga (Terrasamba), que na voz do cantor argentino King África se tornou "La Manteca". Se divirta e se apaixone com o som de Roberto Kuelho.

Albums

Singles

Listen to Roberto Kuelho now.

Listen to Roberto Kuelho in full in the Spotify app